terça-feira, 26 de março de 2013

Cristo - Amparo SP

Do Cristo, é possível ter uma visão privilegiada da Cidade de Amparo, além de contar com o Terraço Cervejaria Pizzaria. No Ano Novo a queima de fogos da cidade é feita no Cristo. O local conta com um parquinho para crianças e tem saguis nas árvores.

terça-feira, 19 de março de 2013

Arco-Íris - Socorro SP

Vim mostrar para vocês um arco-íris que se formou quando eu estava voltando do Parque dos Sonhos em Socorro SP.

Mapa - Arco Iris





sábado, 16 de março de 2013

Trilha da Pontinha - Paranapiacaba SP

No início de março de 2013 fomos para Paranapiacaba. Como sempre, fomos até a estação de Rio Grande da Serra e pegamos um ônibus que vai até a parte alta do vilarejo. O nosso interesse era ir na trilha da Cachoeira da Fumaça ou Lago do Cristal, porém para ir nesses com guias é necessário marcar por telefone antes, pois eles costumam sair bem cedo e o início da trilha é perto de uma fábrica (Solvay) no meio da estrada entre Rio Grande da Serra e Paranapiacaba.
Chegamos na cidade e encontramos um senhor chamado Cláudio que é guia. Ele disse que poderia nos levar na trilha da cachoeira da Água Fria e Trilha da Pontinha. O preço foi R$ 20 por pessoa. Eu estava com mais duas pessoas e se juntou ao grupo um casal e uma moça que estava sozinha, todos muito simpáticos. O passeio durou por volta de 3:30 incluindo diversas paradas. É um bom passeio pra quem não esta acostumado a andar. É permitido ir nessas trilhas somente com guia. Esse guia foi bem legal, ele deixava a gente a vontade, vivíamos ficando para trás para tirar fotos e ele nem ligava, o que era ótimo!
A trilha da Água Fria é interessante para quem gosta de andar no meio do mato, já a trilha da Pontinha tem trilhas mais abertas, ideal para quem quer fazer trilha, porém não gosta muito de mato perto demais.
No começo da estrada do Taquarussu, tem um portão para o parque municipal. O guarda tem que abrir o portão para poder entrar. Lá tem a cachoeira da Caixa do Gustavo que é artificial, mas muito bonita. O guia disse que a gente podia entrar na cachoeira se a gente quisesse, só de eu chegar perto dela e colocar a mão na água fiquei encharcada. No lado esquerdo desta, dá pra subir por um local que parecem escadinhas e dá pra ver a Caixa do Gustavo através de uma grade, mas é preciso cuidado para subir, é bastante escorregadio.
Depois fomos num lago que tem uma parte bem funda e que pode pular, segundo o guia, fazer "tibum", mas nenhum de nós quis fazer isso. Tem uma ponte e do lado dessa ponte tem um riozinho que sai nesse lago. Nós descemos nesse riozinho, por opção própria, e andamos na água até umas pedras. Bem legal!
Voltamos pelo caminho ao lado esquerdo do lago e depois de um tempo saímos na estrada que beira a linha do trem perto de aonde tem uma placa de "Agradecemos a sua visita" e tem uma casinha com um guarda.
Esta trilha é chamada de Trilha da Pontinha porque tem diversas pontes ao longo do caminho.

Quando voltamos, almoçamos no restaurante Castelinho. Era R$ 15 por pessoa para self service a vontade. Recomendo. Muito bom!
Depois demos uma volta pela cidade, subimos no museu. Estava tendo Festival de Verão com direito a concerto de citara indiana e palestras. Porém o público estava bem reduzido.
Demos uma volta no trenzinho motorizado. Ele dá uma volta nas ruas do vilarejo. Pagamos R$ 5 por pessoa.
Para ir embora de ônibus é necessário subir novamente na parte alta da cidade.

Contato:
Sukitur Paranapiacaba
Marcos Sukita: (11) 97587-0129/ (11) 97970-0951
email: paranapiacabaturismo@yahoo.com.br
Claudio Mariano: (11) 97210-8520/ (11) 99468-8418 (guia que nos levou nessa trilha)
email: ecoverdeparanapiacaba@yahoo.com.br

Losano Bio Aventura
Osmar Losano (Biólogo): (11) 4439-0144/ (11) 98844-0755
losanobio@hotmail.com / losanobio@gmail.com













Caixa do Gustavo